terça-feira, 19 de abril de 2016


Fé é fechar os olhos e conversar com alguém que você nunca viu, mas morre de saudade. Fé é acordar e ter a certeza que as misericórdias dEle se renovaram por mais uma manhã. Ter fé é acreditar que não está sozinho, por mais que tudo pareça perdido. Vai além de frases prontas, de imagem compartilhada no Facebook... Fé é dom de Deus. Um dom doído de receber, porque, geralmente, o exercício da fé está ligado à renúncia. Renunciar não é fácil, é doloroso e requer força. 

Em 2 Reis a bíblia nos conta a história de uma mulher sunamita que não podia ter filhos e foi curada através do profeta Eliseu. Tempos depois, seu filho morreu e Eliseu foi usado para o ressuscitar. E em outra ocasião, Deus usou o mesmo profeta para falar que ela deveria deixar Israel, agora viúva, para que não morresse de fome, já que viriam dias de escassez. A sunamita ouviu a voz de Deus e voltou para Israel depois do período de fome passar e recebeu suas terras de volta, bem como foi ressarcida pelo que a terra rendeu durante os anos. Ela recebeu a recompensa por confiar no Senhor. Imaginem quanta angústia ela enfrentou em todas essas situações, mas em todas experimentou o zelo do Pai, graças a sua fé. 

Não perca a fé. Ou se você nunca teve, busque-a. É impossível agradar a Deus sem fé, sabe por que? Porque Ele quer que tenhamos descanso nele. Quer cuidar de nossas vidas, encher nossos corações com Seu amor. O Senhor tem para nós muito mais do que podemos imaginar, mas nossas angústias e medos impedem que Ele trabalhe em nosso favor. Entregue-se de corpo, alma, coração, sentimentos àquele que pode ressuscitar seus sonhos e restituir o que foi perdido. 

Pela fé, permita que sua alma mate um pouquinho da saudade que ela sente do céu, vivendo juntinho de Deus aqui na Terra. 





0 comentários:

Postar um comentário

O que você achou disso?

Tecnologia do Blogger.