quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Confiando em adversidade


Paz, pessoal, como vão vocês? Espero que estejam muito bem! Hoje trago uma reflexão do que venho aprendendo ao longo desses últimos 3 meses. Acompanhem.

Quando Paulo diz que aprendeu a viver em situações adversas na vida, e que só conseguiu passar por tudo por causa do fortalecimento do Senhor, até nos enche de coragem e ânimo até passarmos por uma situação adversa para percebemos que "o buraco é mais embaixo".

Nos últimos meses, minha mãe vem sofrendo com a instabilidade da pressão arterial. Na maior parte do tempo está alta, mas as vezes cai abruptamente, fazendo com ela sofra muito por indisposição, falta de apetite, insônia, e conseqüentemente fraqueza, etc. Para quem tem a mãe super ativa como eu tenho, sabe que é doloroso vê-la desanimada, sem forças, em repouso na maior parte do tempo. Isso tem me deixado bem ausente do blog, pois minhas folgas e meu pouco tempo livre, são pra ela. Portanto peço oração pela minha mãe e peço desculpas a vocês, amigos leitores pela ausência.

E através da luta da minha mãe, Deus tem ministrado em mim mais um pouquinho sobre a confiança Nele. Pois é muito comum para nós definirmos como confiança em Deus, essa certeza interna, esse pensamento positivo de que tudo vai dar certo no final. Sempre advertimos ao próximo para viver na realidade, mas para nós mesmos sempre temos a esperança no " felizes para sempre". 

Cheguei a orar, dizendo "eu sei que o Senhor é Deus, por isso sei que o Senhor vai curar minha mãe..." mas peraí, Ele é Deus independente da situação. Se tudo bem ou tudo mal, Ele é o Deus sobre tudo e sobre todos e em tudo dê graças à Deus (conforme 1Ts 5.18).

Esse é o grande conflito interno do homem: treinar a confiança em Deus, mas ao mesmo tempo suprir sua necessidade de ver um escape, um plano B, um recurso palpável.

Queridos, nós só vamos aprender a confiar plenamente em Deus, quando a situação nos tirar todas as possibilidades. Não estou dizendo que precisamos ser sadomasoquistas que adoram viver em adrenalina, mas digo que se a situação for impossível, é exatamente nesse momento que Deus agirá em nosso favor.

E quero lembrar que "Deus agir em nosso favor" pode ser Ele concedendo a bênção, a cura, o recurso ou mesmo não dar tudo aquilo que queremos, mas agir em nós, nos ensinando a adaptar à nova condição.

Milagre não é necessariamente a mudança do ambiente em que estamos, milagre é principalmente a mudança da nossa percepção e reação em momentos de dificuldade. As vezes, o que Deus quer é mudar você, e não a situação ao seu redor.

Continuo confiando no que a palavra de Deus fala em 2Coríntios 4.17-18: "E essa pequena e passageira aflição que sofremos vai nos trazer uma glória enorme e eterna, muito maior do que o sofrimento. Porque nós não prestamos atenção nas coisas que se veem, mas nas que não se veem. Pois o que pode ser visto dura apenas um pouco, mas o que não pode ser visto dura para sempre." (NTLH)

Deus os abençoe! Abraços!

0 comentários:

Postar um comentário

O que você achou disso?

Tecnologia do Blogger.