sexta-feira, 31 de julho de 2015

Papo 100 Censura #44: Vox Populi non Vox Dei est. Parte 1



Olá caros amigos do nosso Papo 100 Censura, tudo bem com vocês?

Depois de mais de 2000 sugestões sobre nossa próxima série aqui no Blog o Jovem e o Mundo (Brincadeira, não foram tantas assim, mas obrigado a todos que deram suas sugestões, vamos colocar todas elas na nossa pauta de séries especiais) Vamos intercalar um pouco nossos assuntos sobre relacionamentos entre seres humanos, para focarmos no relacionamento mais importante que um cristão deve ter em toda a sua vida: com Deus. Para tanto, o primeiro elemento fundamental para qualquer relacionamento é a comunicação... Sem comunicação nenhum casamento, amizade, família sobrevive... Se nosso relacionamento com Deus é importante, precisamos aprender a nos comunicar com Ele. Muito se fala sobre "Ouvir a Voz de Deus" mas vamos falar a verdade, quantas vezes você realmente ouviu Sua voz em sua vida? Quantas vezes você teve um direcionamento especial que o livrou de um grande problema e na hora você teve a certeza de que foi um livramento de Deus para sua vida?
A comunicação precisa ser constante com aqueles a quem amamos. Como o assunto rende muito e muitos tem dúvidas sobre o ele, vamos tirar algumas semanas para falar a respeito de como podemos Ouvir a voz de Deus, de maneira prática e sem uma teologia complicada que faça com que algo essencial seja guardado para poucas pessoas.

Por isso o título da série: Voz Populi non Vox Dei est (A voz do povo não é a voz de Deus) 

Nas próximas semanas vamos abordar a voz de Deus se manifestando de algumas formas em que podemos identificar com certeza quem está falando conosco...

Com o passar do tempo, o assunto foi ficando mais complicado... parece que ouvir a voz de Deus ficou mais difícil... se tornou algo para poucos... como se Deus preferisse alguns Filhos para falar e fosse ausente com outros... Não deveria ser assim. Se Ele é nosso Pai, e nós somos Seus filhos, a comunicação deveria ser algo natural entre nós certo? Ficar na mesma casa com seus pais e não conversar com eles deve ser algo terrível que vai culminar com a saída dos filhos dessa casa.

Muitos cristãos sinceros passaram tempo demais dentro de suas igrejas sem ouvir ou ter uma direção clara de Deus e, ao ver outros recebendo essas dádivas, desanimaram, entristeceram com seu Pai, achando que Ele não os amava e hoje caminham sem rumo pelas terras desoladas da terra com uma enorme interrogação em seus corações: PORQUE?

Não deve ser assim... se estivermos dispostos a ouvir E a obedecer, Ele é o maior interessado em manter uma comunicação aberta conosco. Essas são dúvidas que sempre recebemos no escritório pastoral, tanto de novos cristãos como de mais antigos companheiros de caminhada. Dúvidas sobre se certas direções são coisa de sua cabeça... medo em estar ouvindo a voz do Inimigo ao invés da voz de Deus. Enfim este é um terreno pedregoso no qual entraremos para trazer luz e auxiliar estes irmãos e irmãs sinceros a terem um relacionamento mais profundo e íntimo com nosso Deus.

Esperamos poder ajudar a esta geração... para que identifiquem os vozes que guerreiam em nossa mente e por isso nos confundem muitas vezes. Mas fique tranquilo...Nosso Pai amoroso estará conosco nesta jornada pelo discernimento de Sua Voz.

Alguns poderiam nos dizer que não precisamos ouvir a Voz de Deus, eu diria o contrário: Porque não buscar uma direção vinda do Alto para nossas vidas? Devemos fazer isso porque vivemos os últimos dias da Dispensação da Graça (Leia o Post GRAÇA desta semana no Blog!). Se vivemos os últimos dias da História não podemos nos dar ao luxo de pisar fora da vontade de Deus para nossas vidas.

O tempo é muito curto e temos muito trabalho a fazer até a volta de Cristo. A Noiva está se preparando para encontrar com o Noivo... Quer embarcar comigo nesta jornada pelos princípios bíblicos que mostram como os homens e mulheres dos tempos bíblicos tinham facilidade em ouvir a voz de Deus? Espero você na semana que vem!

O Senhor Deus me deu língua de eruditos, para que eu saiba dizer a boa palavra ao cansado. Ele me desperta todas as manhãs, Desperta-me o ouvido para que eu ouça como os eruditos. O Senhor Deus me abriu os Ouvidos, e eu não fui rebelde, não me retraí. Isaías 50:4-5


Pastor Eduardo Medeiros





0 comentários:

Postar um comentário

O que você achou disso?

Tecnologia do Blogger.