quinta-feira, 14 de maio de 2015

O Silêncio também é de Deus



Não sei se vocês perceberam, mas passei algumas semanas sem postar. Simplesmente não postei, por achar que não tinha nada importante para compartilhar. Mas antes que esse texto pareça melancólico, permita-me contar o que ocorreu comigo.

Quando estou trabalhando, por cumprir escala, nem sempre consigo comparecer aos cultos, mas como minhas férias estavam marcadas para o mês de abril, acreditei que seria "o mês". Sabe, pensei que era normal achar que nas férias eu conseguiria fazer de tudo. Iria a todos os cultos, ensaios, reuniões, passearia, espaireceria, tocaria minha guitarra várias horas por semana, escreveria meus melhores textos, etc, afinal teria todo tempo do mundo, estaria de férias!! Hehehe, nem preciso dizer que não saiu exatamente como eu queria. A parte da guitarra e dos cultos, pelo menos deu certo.

Comecei a me frustrar quando na primeira semana já não consegui postar nada. Parecia não vir nada, nenhuma luz, nenhum lampejo de sabedoria do Pai. E assim, foram as outras semanas subsequentes, sem uma postagem, sem uma reflexão, sem uma palavra que me impactasse a ponto de querer compartilhar. No começo desse mês, conversando com amigos a respeito desse bloqueio em ouvir Deus falar, uma amiga disse: "Fábio, será que Deus não está querendo falar com você exatamente nesse assunto?" E então comecei a observar que não dava muito espaço para Deus falar.

Sou daquelas pessoas que até que falam pouco, mas a mente fica "borbulhando" sobre várias coisas. Então, o tempo em que não estou "brisando", estou planejando minhas tarefas, pensando sobre arranjos de uma música que será ensaiada com o grupo de louvor, sobre a sequência de trabalho pós-folga, entre outras coisas. Com uma rotina dessas, temos de nos adaptar a correria cotidiana. Em contrapartida, criamos uma dificuldade enorme em parar tudo para ouvir Deus falando. Exigimos de Deus que se adeque a nossa agenda, e não nós à Dele.

O silêncio de Deus gera impaciência em nós, pois pensamos que Ele não irá responder à nossa oração. Me senti assim com relação à falta de inspiração em escrever meus posts. Buscava um versículo, um vídeo, uma letra de música, uma situação cotidiana e nada. Mas então o Espírito Santo finalmente me fez entender, durante uma conversa, que o Seu silêncio também é resposta. 

Através do silêncio, Deus nos ensina a esperar. Através do silêncio, Deus nos ensina a confiar. Através do silêncio, Deus nos fala o quanto não temos dado tempo à Ele. Através do silêncio Deus nos mostra o quanto precisamos estar junto Dele. Através do silêncio, Deus nos ensina a parar de dividir em nós o que pertence apenas à Ele.

Quando Deus fica em silêncio, nem sempre está trabalhando, as vezes é apenas silêncio mesmo, para nos ensinar a buscar restauração, alívio, refrigério, inspiração e renovo Nele.

Há tempos em que não importa a forma/quantidade/intensidade como buscamos. Há tempos em que o silêncio de Deus é toda resposta que temos, o que não significa que Ele não esteja falando conosco. Quando estiver assim, lembre-se que haverá um tempo em que perceberemos que o silêncio de Deus era tudo o que precisávamos receber Dele.

FÁBIO AUGUSTO

0 comentários:

Postar um comentário

O que você achou disso?

Tecnologia do Blogger.