quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

QUESTIONAMENTOS

“Por causa disso, Jonas ficou com raiva e muito aborrecido” Jonas 4: 1

Olá pessoal! Desejo a todos um Feliz 2015! Na minha primeira postagem deste ano quero falar sobre Jonas, quem conhece a história deste profeta, recorda-se muito bem de que Jonas fugiu para não levar a palavra para ao povo de Nínive, muito se enfatiza sobre sua desobediência e as consequências de suas decisões, que o levaram para dentro de um peixe grande, mas pouquíssimo se fala de como ele sentiu-se depois de cumprida sua missão, ou os motivos que o levaram a fugir além do medo de enfrentar um povo violento e bárbaro, capazes das mais diversas atrocidades.

A história de Jonas como muitas histórias bíblicas nos traz grandes lições, como as consequências de desobedecer as ordenanças do Senhor, e também o amor e a misericórdia de Deus que se renova a cada dia, e nós muitas vezes assim como Jonas não conseguimos entender as misericórdias do Senhor, nem ao menos conseguimos entender o que é misericórdia. Jonas ao final de sua missão sentiu-se infeliz e irado, pois não conseguia entender o agir de Deus em permitir que pessoas tão más e cruéis tivessem o direito a salvação, penso que realmente não só para Jonas, mas para qualquer um de nós entender e compreender o porque Deus da uma segunda chance para aqueles que nós julgamos não ser merecedores da salvação, não é uma tarefa fácil, mas quem somos nós para determinar quem é ou quem não é merecedor de uma segunda chance?

Nós não somos capazes de pensar como Deus pensa, pois a sua misericórdia estende-se a TODOS, sem distinção, por esse motivo Davi ao cometer pecado, preferiu ser julgado por Deus a cair pelas mãos dos homens.

Jonas tinha um grande questionamento em seu coração, não só Ele como todos nós, todos os dias, temos dentro de nós grandes questionamentos, perguntando-se: Porquê a vida é como é? Por que tantas desigualdades? Porque tanto sofrimento?. São perguntas que muitas vezes não encontramos respostas, talvez consequências de nossos pecados, mas diante de tudo isso Deus nos pede para descansarmos nele, pois acima de qualquer questionamento de qualquer pergunta que nós seres humanos limitados e cheios de defeitos não saibamos responder, as misericórdias do Senhor renovam-se a cada dia.

Assim como ele amou o povo de Nínive cheios dos mais diversos defeitos, ele nos ama e quer que nós sejamos salvos.

“Então o Senhor Deus disse: - Essa planta cresceu numa noite e na noite seguinte desapareceu. Você nada fez por ela, nem a fez crescer, mas mesmo assim tem pena dela. Então eu, com muito mais razão, devo ter pena da grande cidade de Nínive, onde há mais de cento e vinte mil crianças inocentes e também muitos animais!” Jonas 4: 10 – 11.

Deixo para vocês essa reflexão, que esse ano de 2015 haja menos questionamentos e reclamações e mais, muito mais do agir de Deus em nossas vidas.


Desejo a todos vocês um excelente dia!!!!!

Abraços
Aline de Almeida Santos


0 comentários:

Postar um comentário

O que você achou disso?

Tecnologia do Blogger.