sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

Papo 100 Censura #20 - Série Pecados Capitais - Inveja



Olá caríssimos e caríssimas amigos do blog o Jovem e o Mundo! Continuando nossa série sobre os pecados capitais, entramos hoje no terceiro capítulo desta saga e trataremos hoje um dos mais destrutivos deles: a Inveja.

A pessoa invejosa nunca estará satisfeita com aquilo que tem... sempre estará em busca da vida de outras pessoas. Os invejosos anseiam por aquilo que não tem a capacidade de correr atrás para conseguir por si mesmos, por isso a inveja se transforma em ódio por aqueles que possuem os objetos de desejo. Pode ser bens materiais, pode ser um casamento feliz, pode ser uma vida disciplinada e uma vida saudável, filhos, estudos, enfim... as possibilidades são infinitas. Entende porque razão a inveja é tão nociva? Ela destrói a identidade pessoal e o invejoso passa a fantasiar a vida do outro... Neste processo, ela deixa de experimentar as pequenas felicidades do dia a dia para viver em função de se igualar ou superar o objeto de sua inveja... De maneira geral , são pessoas infelizes e extremamente frustradas com suas vidas... Sentem-se culpadas por aquilo que deixaram de fazer e normalmente não conseguem se sentir agradecidas por nada em suas vidas. Vivem esperando por aquilo que invejam. É por esta razão que o rei Salomão nos deixa o importante aviso na Palavra de Deus:

O coração em paz dá vida ao corpo, mas a inveja apodrece os ossos. Provérbios 14:30

A inveja APODRECE os ossos!!!! Diversos estudos médicos comprovaram que muitas doenças tem origem emocional que afetam o corpo das pessoas... Interessante que a ideia deste texto bíblico é mostrar que a destruição da pessoa que sofre com a inveja vem de dentro para fora... A princípio não se percebem os males para a pessoa, mas internamente elas estão sendo destruídas pelo sentimento. 

A Bíblia é  um livro maravilhoso pois não oculta o pecado e o erro de pessoas, que por causa da inveja foram destruídos e fizeram o que era mau aos olhos do Senhor.

Raquel era estéril, e não podia dar filhos para Jacó, por isso teve inveja de sua irmã Lia que podia:

Quando Raquel viu que não dava filhos a Jacó, teve inveja de sua irmã. Por isso disse a Jacó: "Dê-me filhos ou morrerei! " Gênesis 30:1

Na próxima geração, a dos filhos, os onze irmãos tiveram inveja de José que era o preferido de seu pai:

"Os patriarcas, tendo inveja de José, venderam-no como escravo para o Egito. Mas Deus estava com ele Atos 7:9

Quatro séculos mais tarde quando os descendentes dos doze irmãos se transformaram em doze tribos, os líderes que o Senhor levantou para resgatar o povo também sofreram com a inveja:
 
No acampamento tiveram inveja de Moisés e de Arão, daquele que fora consagrado ao Senhor. Salmos 106:16

 Os exemplos seriam muitos, mas quero deixar o último deles, que originaou o plano dos fariseus em matar a Jesus:

sabendo que fora por inveja que os chefes dos sacerdotes lhe haviam entregado Jesus. Marcos 15:10

Todos estes eventos aconteceram no passado, você poderia me dizer... Hoje as coisas mudaram... Será? Vivemos em uma sociedade onde apenas os primeiros são premiados... É fundamental ser o melhor naquilo que se faz... Nosso tempo é aquele onde o segundo lugar é o primeiro perdedor. A inveja permeia todos os cantos dessa sociedade. Com o surgimento da era das redes sociais, a vida de todos se torna pública e um dos objetivos principal para o uso das redes sociais é mostrar ao mundo o quanto sua vida é melhor que a das demais pessoas. A exposição excessiva de tudo e de todos gerou uma corrida pelos primeiros lugares. A vida baseada no padrão que a mídia impõe é almejada por todos em uma busca frenética pelo sucesso segundo os padrões do mundo secular. 
O resultado disso? Nossa sociedade nunca teve tantos problemas relacionados ao estresse, problemas do coração, pressão alta e inúmeros problemas de ordem emocional que afligem as pessoas cada vez mais cedo.

Agora como nos livramos da inveja?

Será que usamos amuletos contra o mau olhado ou olho gordo?


A nova era e as religiões de cunho esotérico dão muita importância a estas influências da inveja na vida das pessoas. Mas será que devemos nos preocupar com a inveja dos outros?

Existe um texto que nos orienta em como devemos lidar com as pessoas invejosas:

Não aceite a refeição de um hospedeiro invejoso, nem deseje as iguarias que lhe oferece; Provérbios 23:6

 Quando você sabe de antemão que uma pessoa o inveja de maneira aberta, não é saudável permanecer com relacionamento com elas... este convívio pode se tornar perigoso, se a inveja evoluir para um estado patológico. Neste sentido o natural é você se afastar desta pessoa e orar por ela.

O filme de 2013 Rush, no limite da emoção, conta a história da rivalidade e da disputa entre os pilotos da fórmula 1 Niki Lauda e James Hunt. No longa metragem vemos como a competição entre os dois sai da fronteira da esportividade e parte para o pessoal, uma disputa frenética que culmina com o acidente de Niki Lauda que o desfigura após queimaduras em todo o corpo.



 Fora este texto, que tem um objetivo muito mais prático que de outra ordem, a maioria dos demais textos, mostra que não devemos fazer nada contra as pessoas invejosas, pois a inveja em si já é o seu castigo:

O invejoso é ávido por riquezas, e não percebe que a pobreza o aguarda. Provérbios 28:22

O ressentimento mata o insensato, e a inveja destrói o tolo. Jó 5:2

O rancor é cruel e a fúria é destrutiva, mas quem consegue suportar a inveja? Provérbios 27:4

Pois onde há inveja e ambição egoísta, aí há confusão e toda espécie de males. Tiago 3:16
 
 A nossa parte neste processo é a de permanecer longe da inveja em nossos corações:

 Não tenha inveja de quem é violento nem adote nenhum dos seus procedimentos, Provérbios 3:31

Não tenha inveja dos ímpios, nem deseje a companhia deles; Provérbios 24:1

Não sejamos presunçosos, provocando uns aos outros e tendo inveja uns dos outros. Gálatas 5:26

Não se aborreça por causa dos homens maus e não tenha inveja dos perversos; Salmos 37:1  

 Tenho a impressão de que um coração regenerado por Cristo não tem espaço para a inveja em seu interior. Cristo nos deu tudo o que precisamos e não precisamos buscar o que os outros possuem, mas sim descobrir qual o propósito pessoal de cada um de nós... portanto a inveja não pode fazer parte do coração de um cristão genuíno.Este sentimento precisa morrer com nossa carne. Sentir inveja é um sintoma de que sua carne está prevalecendo contra seu espírito... desça até a cruz e busque através da oração e do jejum, um coração segundo o coração de Cristo. Estas medidas são infinitamente mais eficazes que um pé de coelho, trevo de quatro folhas, ou qualquer bobagem dessas que não tem poder para proteger você de qualquer coisa que seja. Apenas o sangue de Jesus pode protegê-lo do mal e das forças das trevas... 

Antes de vencer batalhas épicas contra o império das trevas, derrote seu principal inimigo, que é aquele que você encontra ao olhar todos os dias neste utensílio:


 Pense nisso, e seja feliz!



Pastor Eduardo Medeiros
 
Acompanhe a Série:
 
♦ Série Pecados Capitais #1 Vaidade: CLIQUE AQUI

♦ Série Pecados Capitais #2 Ira: CLIQUE AQUI

♦ Série Pecados Capitais #4 Preguiça: CLIQUE AQUI

♦ Série Pecados Capitais #5 - Avareza CLIQUE AQUI

♦ Série Pecados Capitais #6 - Gula CLIQUE AQUI

0 comentários:

Postar um comentário

O que você achou disso?

Tecnologia do Blogger.