sexta-feira, 10 de outubro de 2014

Papo 100 Censura #14 - Divórcio e Novo Casamento

Caríssimos e caríssimas, desejo a vocês a melhor sexta-feira de suas vidas!

     O nosso assunto neste dia é um assunto muito sério que traz sofrimento a muitos casais em nossos dias. Nosso público aqui em O Jovem e o Mundo é, como o próprio nome já diz, de jovens, e por consequência,  solteiros. Então porque falar sobre divórcio? A resposta é porque acredito fielmente que nosso papel como pastores e ministros do Evangelho é o de trazer informação saudável para que os problemas possam ser antecipados na vida das pessoas. Ninguém se casa pensando em se separar de sua esposa ou seu esposo, correto? Então porque depois de um determinado tempo, muitos se separam? Sabendo das razões e das consequências, tenho a certeza de que você irá pensar muito mais antes de se casar... 

     Antes de entrarmos no campo teológico da questão, se buscarmos informação secular sobre o assunto, veremos que o divórcio tem aspectos diferentes para homens e mulheres. Porém grande parte das situações tem relação com adultério. Neste sentido, é importante salientar que homens e mulheres traem por motivos diferentes. (Estamos falando de maneira secular, sem entrar no campo teológico!!!)

      Enquanto homens buscam mulheres que estejam no padrão de beleza da sociedade, mulheres (a maioria delas) deseja suprir a falta de atenção e de alguém que eleve sua alto estima. Para os homens, ainda existe o resquício da sociedade jurássica machista, onde quantidade de relações sexuais com diversas parceiras poderiam significar algo digno de orgulho. Nada mais idiota, ultrapassado e vazio. A tentativa de provar que se é bom neste campo, prova, na verdade,  insegurança e baixa autoestima que precisa ser constantemente provada com novas conquistas, mesmo que estas conquistas sejam vazias.Após o casamento, se este comportamento imoral não for tratado, é praticamente impossível que cesse. Muitos passam meses fiéis, para então terem uma recaída e continuarem se comportando como adolescentes.

     No caso feminino, não é apenas o lado físico que está em jogo, mas o lado psicológico... Para as mulheres é importante se sentirem amadas, seguras e cuidadas. Quando não encontram isso em um relacionamento, podem migrar para vários relacionamentos procurando esta segurança e aconchego... Mas você pode me perguntar..." ah pastor, você não vai em baladas... se fosse saberia que as mulheres estão muito mais agressivas na área da conquista ". Eu responderia a você que enquanto estamos criando gerações e gerações de homens bananas que não sabem mais qual é o papel do homem como provedor de emoções e de todo o cuidado que as mulheres precisam, as mulheres têm ocupado este espaço. As mulheres podem estar mais independentes, fruto das lutas de gerações de mulheres por igualdade em tdos s campos da sociedade, inclusive na área sexual. Porém para a maioria delas, o maior desejo ainda é de ser cuidada e se sentir amada pelo seu cônjuge. Sempre que um espaço é deixado, a tendência é que seja ocupado. Homens e Mulheres, caminhando como cegos para a destruição. Mas este será o assunto de nosso próximo post aqui na coluna: a troca de papéis em nossa sociedade.

        Mas vamos supor que o casal se encontre, namore, noive e case. O que os motiva para o santo matrimônio? Com certeza é a afinidade, o amor, a paixão e outros sentimentos que servem de combustível para chegarem a esta primeira linha de chegada. O grande problema é que muitos de nós, acreditam que todo o seu esforço cessa, acaba no altar, quando na verdade é depois da Lua de Mel que a batalha começa, ou deveria começar. Lutar pelo casamento é uma prática diária que dura enquanto ambos respirarem. Outra pergunta que pode surgir em sua mente inteligente: " mas Eduardo, isso só funciona se ambos quiserem lutar pelo casamento, certo?" Eu responderia que o casamento não é um contrato, mas sim uma aliança que não pode ser quebrada, portanto, casar é como saltar de bug jump sem saber o comprimento da corda... ninguém tem a certeza de que as coisas vão funcionar ao decorrer dos anos, mas precisamos confiar na aliança que fizemos diante de Deus.

     Mesmo assim, se um dos lados decidir quebrar esta aliança traindo seu cônjuge, deveria pensar nas consequências... os planos de Deus sempre foram a união do matrimônio, caso contrário, Jesus não teria dito:

Alguns fariseus aproximaram-se dele para pô-lo à prova. E perguntaram-lhe: "É permitido ao homem divorciar-se de sua mulher por qualquer motivo? "
Ele respondeu: "Vocês não leram que, no princípio, o Criador ‘os fez homem e mulher’
e disse: ‘Por essa razão, o homem deixará pai e mãe e se unirá à sua mulher, e os dois se tornarão uma só carne’?
Assim, eles já não são dois, mas sim uma só carne. Portanto, o que Deus uniu, ninguém o separe".
Perguntaram eles: "Então, por que Moisés mandou dar uma certidão de divórcio à mulher e mandá-la embora? "
Jesus respondeu: "Moisés lhes permitiu divorciar-se de suas mulheres por causa da dureza de coração de vocês. Mas não foi assim desde o princípio.
Eu lhes digo que todo aquele que se divorciar de sua mulher, exceto por imoralidade sexual, e se casar com outra mulher, estará cometendo adultério".
Os discípulos lhe disseram: "Se esta é a situação entre o homem e sua mulher, é melhor não casar".
Jesus respondeu: "Nem todos têm condições de aceitar esta palavra; somente aqueles a quem isso é dado.
Alguns são eunucos porque nasceram assim; outros foram feitos assim pelos homens; outros ainda se fizeram eunucos por causa do Reino dos céus. Quem puder aceitar isso, aceite".

Mateus 19:3-12
Eu lhes digo que todo aquele que se divorciar de sua mulher, exceto por imoralidade sexual, e se casar com outra mulher, estará cometendo adultério".
Os discípulos lhe disseram: "Se esta é a situação entre o homem e sua mulher, é melhor não casar".
Jesus respondeu: "Nem todos têm condições de aceitar esta palavra; somente aqueles a quem isso é dado.

Mateus 19:9-11
Alguns fariseus aproximaram-se dele para pô-lo à prova. E perguntaram-lhe: "É permitido ao homem divorciar-se de sua mulher por qualquer motivo? "
Ele respondeu: "Vocês não leram que, no princípio, o Criador ‘os fez homem e mulher’
e disse: ‘Por essa razão, o homem deixará pai e mãe e se unirá à sua mulher, e os dois se tornarão uma só carne’?
Assim, eles já não são dois, mas sim uma só carne. Portanto, o que Deus uniu, ninguém o separe".
Perguntaram eles: "Então, por que Moisés mandou dar uma certidão de divórcio à mulher e mandá-la embora? "
Jesus respondeu: "Moisés lhes permitiu divorciar-se de suas mulheres por causa da dureza de coração de vocês. Mas não foi assim desde o princípio.
Eu lhes digo que todo aquele que se divorciar de sua mulher, exceto por imoralidade sexual, e se casar com outra mulher, estará cometendo adultério".
Os discípulos lhe disseram: "Se esta é a situação entre o homem e sua mulher, é melhor não casar".
Jesus respondeu: "Nem todos têm condições de aceitar esta palavra; somente aqueles a quem isso é dado.
Alguns são eunucos porque nasceram assim; outros foram feitos assim pelos homens; outros ainda se fizeram eunucos por causa do Reino dos céus. Quem puder aceitar isso, aceite".

Mateus 19:3-12
Jesus respondeu: "Moisés lhes permitiu divorciar-se de suas mulheres por causa da dureza de coração de vocês. Mas não foi assim desde o princípio.Mateus 19:8

Respondeu Jesus: "Moisés escreveu essa lei por causa da dureza de coração de vocês. Marcos 10:5
  
"Eu odeio o divórcio", diz o Senhor, o Deus de Israel, e "o homem que se cobre de violência como se cobre de roupas", diz o Senhor dos Exércitos. Por isso tenham bom senso; não sejam infiéis. Malaquias 2:16

     Precisa ficar bastante claro em nossa mente que o Senhor, em Sua Palavra é contrário ao divórcio, que ele não é uma opção para recomeçar quando as coisas simplesmente não dão certo. Porém, nos casos de traição ou imoralidade de um dos cônjuges, este precedente é aberto:

Mas eu lhes digo que todo aquele que se divorciar de sua mulher, exceto por imoralidade sexual, faz que ela se torne adúltera, e quem se casar com a mulher divorciada estará cometendo adultério". Mateus 5:32

      Este precedente existe, porém não é aberta a possibilidade para um novo casamento. Neste sentido, aqueles que se divorciam, deveriam permanecer como estão, ou seja, sozinhos... Mas não é isso que vemos... novos convertidos chegam em nossas igrejas frutos desta cultura e o que fazer? Quando novos cristãos sinceros chegam em nossas igrejas no segundo, terceiro casamento? Pedimos para que se separem e voltem para suas primeiras esposas ou esposos? Conselho sem sabedoria que ainda hoje ouvimos em muitos locais, onde líderes ajudam a destruir famílias formadas já formadas pela ignorância...Particularmente, acredito que é necessário que sejam comunicados a respeito dos reveses que a condição impõe, como para aqueles que tem filhos em dois casamentos, é seu dever ser presente na vida dos filhos que não tem culpa das atitudes dos pais... das questões legais que envolvem a questão, na educação dos filhos e na igualdade de condições para todos os filhos da pessoa divorciada, e da existência para sempre de um ex-esposo e uma ex-esposa nesta vida. Ambos devem saber disso e de que não podem dar um mau testemunho e que esta condição exigirá muito mais oração e esforço que em uma condição anterior.
     Para aqueles que são casados e estão integrados dentro do Corpo de Cristo, deve ser procurado pessoas que possam auxiliar os dois nesta difícil jornada da cura e da busca pelo perdão e buscar até o fim a restauração do matrimônio. Se mesmo assim, não houver acordo, que permaneçam nesta condição... Para aqueles que consideram o casamento como festas suntuosas para impressionar os amigos e familiares, os discípulos de Cristo, ao saberem disso, deixaram um recado para esta geração:

Os discípulos lhe disseram: "Se esta é a situação entre o homem e sua mulher, é melhor não casar".
Jesus respondeu: "Nem todos têm condições de aceitar esta palavra; somente aqueles a quem isso é dado.

Mateus 19:10-11
 Os discípulos lhe disseram: "Se esta é a situação entre o homem e sua mulher, é melhor não casar".  Mateus 19:10

       Escolha bem. Uma vez escolhida a pessoa, faça um pacto de lutarem até o último dia de suas vidas para que dê certo. Uma geração que não possui referência de paternidade e está se perdendo por falta de referências familiares, agradecerá.
Os discípulos lhe disseram: "Se esta é a situação entre o homem e sua mulher, é melhor não casar".
Jesus respondeu: "Nem todos têm condições de aceitar esta palavra; somente aqueles a quem isso é dado.

Mateus 19:10-11
            Se conhecer pessoas passando por crise no casamento, ajude-os a procurar ajuda, pois uma sociedade forte é formada por famílias fortes...Não aceite qualquer um ou qualquer uma, seja exigente, pois em uma aliança, não existe devolução!

 Faça sua parte e seja feliz!

Pastor Eduardo Medeiros


Eu lhes digo que todo aquele que se divorciar de sua mulher, exceto por imoralidade sexual, e se casar com outra mulher, estará cometendo adultério".

Mateus 19:9


Eu lhes digo que todo aquele que se divorciar de sua mulher, exceto por imoralidade sexual, e se casar com outra mulher, estará cometendo adultério".
Os discípulos lhe disseram: "Se esta é a situação entre o homem e sua mulher, é melhor não casar".
Jesus respondeu: "Nem todos têm condições de aceitar esta palavra; somente aqueles a quem isso é dado.

Mateus 19:9-11
 

0 comentários:

Postar um comentário

O que você achou disso?

Tecnologia do Blogger.