quarta-feira, 8 de outubro de 2014

[E a Moral da História? #78] QUEM DOBROU SEU PÁRA-QUEDAS HOJE?

Bom dia povo abençoado!!
Tudo certo com vocês, espero que sim. Vamos para mais uma moral da historia:
Charles Plumb era piloto de um bombardeiro na guerra do Vietnã. Depois de muitas missões de combate, seu avião foi derrubado por um míssil.
 Plumb saltou de paraquedas,foi capturado e passou seis anos numa prisão norte-vietnamita. Ao retornar aos Estados Unidos, passou a dar palestras relatando sua odisséia e o que aprendera na prisão.
 Certo dia, num restaurante, foi saudado por um homem:
- Olá, você é Charles Plumb, era piloto no Vietnã e foi derrubado, não é mesmo?
 - Sim, como sabe? Perguntou Plumb.
- Era eu quem dobrava o seu paraquedas. Parece que funcionou bem, não é verdade? Respondeu o homem.
Plumb quase se afogou de surpresa e com muita gratidão respondeu:
- Claro que funcionou, caso contrário eu não estaria aqui hoje. Muito obrigado!
Ao ficar sozinho naquela noite, Plumb não conseguia dormir, lembrando-se de quantas vezes havia passado por aquele homem no porta-aviões e nunca lhe disse nem um "bom dia". Era um piloto arrogante e aquele
sujeito, um simples marinheiro.Pensou também nas horas que o marinheiro passou humildemente no barco enrolando os fios de seda de vários paraquedas, tendo em suas mãos a vida de alguém que não conhecia.
Agora, Plumb inicia suas palestras perguntando à sua platéia: "Quem dobrou seu paraquedas hoje?".

Eu não sei vocês, mas eu me divirto a cada moral da historia, quando vou pesquisar a historia para fazer o post e aparece uma historia assim como essa que hoje me surpreendeu. Consigo tirar algumas lições dessa história, primeiro façamos o bem sem olhar a quem, segundo a gratidão deve ser exercida todos os dias e terceiro devemos fazer nosso serviço sempre da melhor maneira.
O cara que dobrava os paraquedas podia, sei lá, um dia estar de “saco cheio” de ser apenas o cara que dobra os paraquedas e fazer o seu trabalho de qualquer jeito, imagina se ele tivesse feito isso no período em que o avião foi derrubado, que tragédia e que peso na consciência esse cara teria pro resto da vida, por isso independente do que você faça, faça da melhor maneira, coloque amor em tudo o que você estiver fazendo, tenha zelo pelo seu trabalho, não faça nada pela metade, se entregue mesmo, vista a camisa, você pode não ver resultados, mas acredito que muitas pessoas dependem do resultado do seu trabalho para que o trabalhão do próximo também seja bom. Se o seu trabalho é trabalho para ser feito em equipe, não fique olhando para as situações, para as pessoas, para as consequências positivas que você pode obter com seu trabalho, faça sempre o bem, não importa se é pro seu chefe ou para alguém que esta abaixo de você. Quando se faz o bem todos ganham. A lógica é a seguinte, você dobra o paraquedas de alguém e alguém dobrará seu paraquedas, mas é preciso dobrar perfeitamente, conhece a lei da semeadura, “planta batata colhe batata”, é assim com o paraquedas, você dobra um para alguém e alguém dobra um para você, não fique preocupado em quem vai dobrar seu paraquedas, pois Deus providencia tudo, basta fazer a sua parte, e ficar tranquilo. E por fim, agradeça, agradeça por poder dobrar o paraquedas de alguém, por ter uma vida que lhe possibilita trabalhar, seja grato porque alguém dobrou seu paraquedas, ou se alguém ainda não dobrou seu paraquedas seja grato do mesmo jeito, pois isso é sinal que você tem forças suficiente para dobra o seu próprio paraquedas, seja grato, ninguém sabe o que pode acontecer daqui cinco minutos, logo é bom sempre agradecer, agradecer por tudo, se é muito, se é pouco a lei é essa:

“EM TUDO DAÍ GRAÇAS.” (I Tessalonicenses 5.18)





Deus lhe abençoe sem limites!

0 comentários:

Postar um comentário

O que você achou disso?

Tecnologia do Blogger.