quinta-feira, 4 de setembro de 2014

Parâmetro para Ninguém



Oi pessoal, Paz! Desejo que vocês estejam muito bem! Vamos refletir com mais um post.

A maioria dos seres humanos tem o hábito de comparar-se com outros ao seu redor. Acredito que esse seja um comportamento involuntário, quando nos damos conta, já estamos nos comparando. O mais curioso disso é que normalmente o parâmetro escolhido por nós sempre está abaixo daquilo que se deseja comparar, tomando o nosso lado da comparação mais virtuoso. Observe.

Talvez não nos achamos bons no quesito honestidade, mas nos comparamos com aquele colega de trabalho que vive arranjando uma desculpa nova para cada atraso ou falta, aí nos sentimos muito honestos. Podemos nos considerar uma pessoa pouca comprometida com alguma coisa, mas quando nos comparamos com aquele irmãozinho que vive faltando nos ensaios, nos sentimos o super responsável do grupo. Talvez você não viaje muitas vezes ou não frequente bons restaurantes, mas julga sua felicidade maior do que a dos outros quando tem a oportunidade de desfrutar luxuosas opções de lazer. Por vezes, nos consideramos um péssimo cristão, até vermos que há alguém em pior estado, que não consegue se ver livre de seus vícios, e aí nos sentimos melhor conosco mesmo. Talvez não sejamos bons pagadores, mas ao conhecermos alguém em maior inadimplência, pensamos "pelo menos não sou igual a ele que nunca paga". Nos estressamos no trânsito, mas quando medimos o nível de falta de educação das pessoas nesse ambiente, nos sentimos o "Dalai Lama do trânsito" (referência à pacificidade). Talvez não sejamos muito pacientes com nossos pais, mas quando ouvimos os gritos do vizinho em discussão com a própria mãe, nos colocamos na posição de filho exemplar. Que Deus nos perdoe por agirmos assim. Que Deus nos perdoe por julgar as pessoas baseado apenas no nosso ponto de vista, quando na realidade, mesmo que conhecêssemos todo o contexto de vida de alguém, nem julgamento deveria existir.

Somos tendenciosos a nos preocupar com a aparência de sermos melhores ou estarmos melhores que os outros, como se a vida fosse uma competição que premiasse aquele que esteve em melhor condição por mais tempo.

Queridos, é tempo de se preocupar com o que realmente vale a pena. Enquanto você gastar tempo se comparando, perderá tempo de viver e ser feliz, que é o plano que Deus tem para nós, SER FELIZ. Se você ainda assim sentir necessidade de um parâmetro para iniciar essa jornada, se espelhe em Jesus. Não há e não haverá modelo de vida mais simples e feliz do que o que Ele tem para você. Permita que Ele plante em você essa liberdade de viver sem a necessidade de ficar mostrando aos outros o quão feliz você está, pois, acredite, as pessoas perceberão sua felicidade quando ela for vivida em Cristo, ou o quão bom você é em alguma coisa, pois quem realmente precisa saber é Cristo, e Ele já sabe.

Quanto a mim, quando estiver vivendo essa liberdade em Deus, ou se já estiver, mas despercebido, não quero ser parâmetro para ninguém. Deus tem o Seu modo de operar em você para te fazer feliz, descubra NEle.

LEIA FILIPENSES 2.1-18



0 comentários:

Postar um comentário

O que você achou disso?

Tecnologia do Blogger.