quinta-feira, 11 de setembro de 2014

FALANDO SOBRE PRECONCEITO


“Desse modo não existe diferença entre judeus e não judeus, entre escravos e pessoas livres, entre homens e mulheres: todos vocês são um só por estarem unidos com cristo Jesus”. Gálatas 3: 28

“Se vocês obedecerem à lei do Reino estarão fazendo o que devem, pois nas Escrituras Sagradas está escrito: Ame os outros como você ama a você mesmo. Mas se vocês tratam as pessoas pela aparência, estão pecando, e a lei os condena como culpados”. Tiago 2: 8-9


Preconceito é um juízo pré-concebido manifestado de acordo com atitudes discriminatórias diante de pessoas, crenças, sentimentos e tendências de comportamentos, ou seja, podemos afirmar que o preconceito é uma ideia formada sem fundamento sério, uma atitude leviana.

Mas o que movem as pessoas a tomarem certas atitudes preconceituosas? Podemos dizer que o preconceito pode ser fruto de frustrações pessoais, vem da forma como essas pessoas encaram essas frustrações e também na impotência de não poderem agredir seus opressores, essas pessoas manifestam sua raiva nas pessoas que elas consideram serem “inferiores”.

Existem várias formas de preconceito, o social, o racial, sexual o linguístico e até mesmo o religioso. Movido pelo preconceito o homem foi capaz das mais diversas atrocidades, pessoas morreram e ainda morrem, são mutiladas sentimentalmente. Temos o Holocausto uma triste lembrança que a humanidade carrega, onde milhares de judeus, militantes comunistas, homossexuais, ciganos, eslavos, deficientes motores, deficientes mentais, entre tantos outros perderam suas vidas, por causa da mente doentia de Adolf Hitler e de seu governo nazista.

Nossa sociedade esta doente, repleta de pessoas que em seu dia-a-dia manifestam o preconceito de forma silenciosa deixando suas vitimas vulneráveis, mas hoje o preconceito seja qual for e de que maneira for manifestado é considerado crime, com penas de até cinco anos de reclusão além de multas (Lei 9459, de 13 de maio de 1997).

Não podemos condenar pessoas por comportamentos, nosso dever como cristãos é amá-las e orientá-las de forma correta a agirem de acordo com as escrituras, assim como Cristo fez conosco quando veio para a terra, e nos ensinou os princípios da vida cristã.

O preconceito vai totalmente contra a palavra de Deus, já que em diversas passagens da bíblia essa prática é condenada, como nos versículos citados no começo dessa coluna, perante Jesus Cristo somos todos iguais, ele nos ama e nos vê de forma diferente, uma forma que nós limitados não conseguimos compreender. Ele veio nessa terra para todos como é relatado em Gálatas.

“Aí ele disse: Agora vamos fazer os seres humanos, que serão como nós, que se parecerão conosco. Eles terão poder sobre os peixes, sobre as aves, sobre os animais domésticos e selvagens e sobre os animais que se arrastam pelo chão. Assim Deus criou os seres humanos; ele os criou 
parecidos com Deus. Ele os criou homem e mulher”. Gênesis 1: 26-27

Fomos criados a imagem e semelhança de Deus, não seria coerente se não tivéssemos a suas atitudes, ele tanto nos amou que nos criou a sua imagem e semelhança, e nos deu o privilégio de sermos como
Ele, portanto o Reino de Deus foi feito para todos, como podemos conviver com Cristo se não conseguimos aceitar as diferenças de nossos irmãos?  

A palavra de Deus nos diz que não existem diferenças, quando se trata de amar, quando tratamos do amor de Deus as diferenças não existem, o preconceito não existe. Vamos dar um basta nisso praticando o amor, o reino de Deus vai muito mais além do que sentimentos pequenos e mesquinhos, para entender as verdades de Deus para entender como funciona o amor de Deus é preciso se libertar dos preconceitos e escolher o amor.

Termino essa coluna com a seguinte frase: “Não se mede o valor de um homem pelas suas roupas ou pelos bens que possui, o verdadeiro valor do homem é o seu caráter, suas ideias e a nobreza dos seus ideais”. (Charles Chaplin)

Que Deus abençoe a vida de vocês, abraços!
Aline de Almeida Santos

1 comentários:

Elisangela disse...

Adorei o texto!!! Parabéns Aline...

Postar um comentário

O que você achou disso?

Tecnologia do Blogger.