quarta-feira, 6 de agosto de 2014

Parabolando #12 - As Tartarugas Ninja


Tajba Jum! Nosso bom dia missionário de hoje vem da ilha de Malta! Espero que este dia seja o melhor dia do resto de sua vida! Muitos podem estar preocupados com tantas coisas, mas nossa oração é que a paz que excede todo o entendimento esteja sobre a sua vida neste dia!

Nossa parábola de hoje fala de quatro personagens bastante peculiares dos desenhos animados, vídeo games e agora filmes. É interessante notar um movimento nos anos 80 do século passado de utilização de criaturas antropomórficas (animais que teriam traços humanos como é o nosso caso de hoje) Ao meu ver este movimento está relacionado com a falta de heróis de verdade em nosso meio, a falta de modelos que valham a pena serem seguidos pelas novas gerações. Disto resulta a criação de seres que pouco tem a ver com nossa realidade. Porém nosso objetivo na coluna #Parabolando é mostrar que é possível aprender princípios eternos através de coisas de nosso cotidiano, como um desenho animado. Sem maiores delongas, vamos à nossa história!

              Leonardo, Michelangelo, Donatello e Raphael, além de quatro mestres das artes renascentistas, formam o grupo conhecido como TMNT (sigla em inglês para Tartarugas Adolescentes Ninja Mutantes, não necessariamente nesta ordem!!!) Nesta história, quatro filhotes de tartarugas comuns são jogados nos esgotos da cidade de Nova York para morrerem. Ao mesmo tempo um homem cego atravessando a rua acaba causando um acidente com um caminhão de lixo tóxico quando este tenta desviar da pessoa. Parte deste lixo vai para o esgoto e entra em contato com os filhotes que lá estavam causando uma mutação do tipo antropomórfica tanto nas tartarugas, quanto em um rato que acaba se tornando o mestre Splinter que ensina a arte das técnicas marciais aos jovens quelônios. 

                Podemos aprender alguns princípios com o início dos TMNT neste dia. A mais importante delas é que o acaso não existe quando falamos de propósito de Deus para nossas vidas. Assim como as tartarugas, podemos ter tido um início bastante difícil, sendo abandonados a própria sorte pela própria família, ou sendo fruto de um amor proibido que acabou antes da concepção pela covardia de um pai que não assumiu a responsabilidade por seus atos.

                O que realmente importa, é que Deus moveu o universo inteiro para que estivéssemos aqui, e com isso, não podemos ter dúvida nem em um momento sequer de que não estamos aqui por acaso, mas sim por um desígnio divino, e por isso devemos nos alegrar, pois independente da maneira como entramos neste mundo, são as nossas atitudes que vão mostrar como desejamos sair dele. Deus nos ama! E por isso no trouxe a existência para um propósito maravilhoso! Ele é criativo, pode até nos levar para os esgotos de Nova York para revelar algo maravilhoso para nossas vidas! Nossa função é apenas confiar Nele!


Referências Bíblicas:

Tu criaste o íntimo do meu ser e me teceste no ventre de minha mãe.Salmo 139:13

Eu te louvo porque me fizeste de modo especial e admirável. Tuas obras são maravilhosas! Disso tenho plena certeza. Salmo 139:14

Mas Deus me separou desde o ventre materno e me chamou por sua graça. Quando lhe agradou Gálatas 1:15

Pastor Eduardo Medeiros


0 comentários:

Postar um comentário

O que você achou disso?

Tecnologia do Blogger.