sábado, 16 de agosto de 2014

Pai, que amor é esse?

Pai, que amor é esse que sentes por mim?
Qual é o segredo para amar tanto assim?
Tento entender este amor e não acho jeito
Insisto em explicá-lo, mas não sei direito
Pois o teu amor é tão complexo, é diferente
É o amor que não se explica, apenas sente...
Pai, que amor é este? Conta-me com carinho
Sobre este amor que nunca me deixa sozinho
Que nos desalentos e nas aflições desta vida
Vem ao meu encontro com a mão estendida
Que na hora mais difícil, na minha indecisão
Como uma bússola, posso sentir o teu amor
Apontando o caminho que me faz vencedor
E quando estou só, à procura de uma amigo
Nos teus braços encontro o meu abrigo
E na tua sabedoria a palavra mais certa
Onde eu posso ver uma porta sempre aberta
e com segurança eu posso por ela entrar...
Pai, que amor é este? Conta-me, paizinho querido!
Fala deste amor, que às vezes chora escondido
Que mesmo a distância parece estar presente
E me torna especial no meio de tanta gente...
Pai, que amor é este? Eu só poderei entendê-lo
Olhando para o calvário, para o amor modelo
Onde por amor, Cristo se deu pela humanidade
Ali eu encontro a explicação e a verdade
O teu amor é uma fagulha do amor de Cristo
É ele que acende dentro de ti e de mim
A chama do amor que jamais terá fim.
Norma Penido

0 comentários:

Postar um comentário

O que você achou disso?

Tecnologia do Blogger.