quinta-feira, 19 de junho de 2014

SEI LÁ


Um dos diálogos mais interessantes da bíblia começou com um silencioso convite a um passeio. Um homem sentiu a presença de Deus e percebeu que estava sendo levado pelo Espírito do Senhor a alguma reflexão. Seus sentidos se aguçam para uma nova experiência com Deus, um encontro que lhe traria um ensinamento valiosíssimo. Um tratamento de choque vindo diretamente de Deus ao profeta, iniciou-se com a visão de um grande vale de ossos secos e uma pergunta que faria qualquer ser humano arregalar congelantemente os olhos: "Homem mortal, será que esses ossos secos podem ter vida de novo?"

Caso você não saiba, Deus usou esse cenário para provar ao povo de Israel, por intermédio do profeta, que Ele tinha pleno interesse e capacidade de mudar a sorte daquele povo que já vivia sem esperança por estar em cativeiro. Deus queria animá-los, queria trazer de volta esperança para eles. 

Agora, imagine você receber de Deus uma pergunta dessas: "Fábio, será que esses ossos secos podem voltar a viver?" Talvez a resposta seria "Ah, sei lá, Senhor!". Se você tivesse que responder a essa pergunta, e  respondesse da forma mais honesta possível (até porque seria para Deus que conhece a real intenção do coração ao responder), e saísse como exemplifiquei, significa que você pode estar imerso nesse gigantesco ponto de interrogação da vida. Um "Sei Lá" que vem traduzindo o comportamento de toda uma geração, a minha geração, que vive transferindo responsabilidades, adiando decisões, caminhando sem saber quem é e tampouco para onde está indo, deixando de lado as batalhas pelas quais vale a pena lutar.

Nosso Deus pode fazer tudo, qualquer coisa mesmo, Ele tem todo o poder nos céus e na terra, mas Ele não é um Deus individualista, Ele acredita em você para algumas coisas. E essas "determinadas coisas" são entre você e Deus. São segredos, estratégias e planos, que o Pai quer compartilhar com você, e às vezes, somente com você. Na verdade o que Deus faz, é realizar um teste da nossa fé, uma prova de que se plenamente confiamos Nele ou não. 

Repare em como o profeta respondeu de forma sábia, (pelo menos mais do que muitos de nós responderíamos): "Senhor meu Deus, Tu sabes". Mas essa resposta não foi igual a um "sei lá", tampouco como alguém querendo fazer média.
Ezequiel, afirmou com "o Senhor é quem sabe" que ele, como um ser humano, era limitado, impotente diante de tudo aquilo, mas que Deus poderia, que Deus teria a capacidade de sobra, que Deus teria a resposta adequada para aquela situação. O posicionamento do profeta Ezequiel foi de quem usou de sua fé para dizer "Deus, eu não vejo como fazer, mas o Senhor sabe de tudo, e eu confio nos Teus planos, portanto, para onde o Senhor me direcionar, eu vou te seguir!" Vish, quanta fé para afirmar uma coisa dessas.

Diante de uma resposta cheia de certeza como essa, Deus lhe dá a ordem, dá a direção, mostra o "know how", ensina-o a "chamar a responsa". Mas não pense que foi tão fácil assim. O próprio Ezequiel narra que antes que tudo ficasse calmo e resolvido, houve um grande rebuliço enquanto ele profetizava sobre o vale.

Portanto, jovem, lembre-se, nosso Deus não é um Deus de "Sei Lá", Ele é um Deus de posicionamento, Ele conta com você e sua responsabilidade de assumir a sua parte nas transformações necessárias, Ele é quem te garante o norte, e mesmo que tudo pareça confuso, creia que é Ele quem garange que tudo fique calmo e resolvido no final.

Abraço! Fiquem com a Paz!!

0 comentários:

Postar um comentário

O que você achou disso?

Tecnologia do Blogger.