quinta-feira, 8 de maio de 2014

Do meu jeito é melhor

Paz, galera! Espero que todos estejam bem!

Não me lembro se já disse a vocês, mas quem me acompanha nas redes sociais sabe que eu trabalho com condução de trens metropolitanos, sou um maquinista. E nessa profissão eu ouço várias reclamações, diretas e indiretas. E quem utiliza transporte público de qualquer segmento, sabe a que tipo de reclamações estou me referindo.

Pois bem, a maioria dessas reclamações não surtem efeito algum (exceto o de irritar um pouco aquele que as recebe), pois geralmente estão relacionadas a algo que não conhecem. Por exemplo, o maquinista, durante sua condução precisa observar se há algum sinal vermelho à sua frente,  pois se houver, ele precisa parar o trem e aguardar a liberação para prosseguir viagem. E isso os passageiros não estão vendo, portanto, vão reclamar mesmo. E foi aí que comecei a refletir sobre meu relacionamento com Deus. 

Constantemente reclamamos com Deus, quando as coisas não saem da maneira como queremos. Em uma situação que exija uma posição nossa, da boca para fora, dizemos a Deus que precisamos do auxílio Dele, que Ele direcione nossa decisão, mas quando esse momento chega e Deus faz o melhor (o que provavelmente será diferente daquilo que imaginamos), nós reclamamos da forma como Deus faz. E pior do que isso, negamos nossa murmuração. 

Deus, sendo conhecedor de todas as coisas, tem a visão completa do que vai acontecer lá na frente, no futuro, se seguirmos nossos próprios caminhos, uma visão privilegiada que nós não temos, e por Ele ser um Pai zeloso, pode não permitir que uma situação tome determinado rumo, pois não é de Seu interesse que qualquer um de nós sofra. Nosso Pai que escuta nossas orações quando dizemos "Deus, cuida dos meus caminhos, me livra de todo mal, me ajuda nas minhas decisões", não nos deixará sozinhos à deriva da vida.

Observe em sua vida alguma decisão tomada que tenha deixado as pessoas próximas a você um tanto quanto confusas. Uma decisão daquelas em que todos te criticaram e te disseram que fariam diferente se fossem com elas. Pensou? Tenho certeza que você lembrou de uma, ou mais situações desse tipo! O que quero realmente que você se lembre é de como se sentiu quando tentava justificar sua decisão. Tenho quase certeza que, pelo menos em pensamento, você dizia: "Eu tenho meus motivos! Será que ninguém percebe que foi o melhor para mim?" Da mesma forma, eu penso que Deus recebe nossas murmurações desse jeito: "Ele não percebe que Eu estou fazendo o melhor por ele?"

Queridos, se nós pudéssemos ver a situação como Deus vê, sem dúvida alguma, agradeceríamos eternamente. Pense bem, enquanto você pensa que do seu jeito é melhor, Deus está dizendo a mesma coisa para você: "Meu filho, do meu jeito é melhor."

"Saibamos aceitar os caminhos de Deus mansamente...mesmo quando vai contra as nossas vontades. Nunca esqueça que: a vontade de Deus é boa, perfeita e agradável." (Autor desconhecido)

Não vivam como vivem as pessoas deste mundo, mas deixem que Deus os transforme por meio de uma completa mudança da mente de vocês. Assim vocês conhecerão a vontade de Deus, isto é, aquilo que é bom, perfeito e agradável a ele. (Romanos 12.2 NTLH)



0 comentários:

Postar um comentário

O que você achou disso?

Tecnologia do Blogger.