quarta-feira, 2 de abril de 2014

Parabolando #4 - Gollum

      Olá amigos, tudo bem com vocês? Hoje atenderemos a sugestão de nossa amiga Nara Lucia de Curitiba, que nos pediu uma reedição de uma de nossas parábolas antigas para usá-la em sua aula com os juniores. Espero que ela possa ajudar muitas pessoas que passam pelo problema dos vícios em suas vidas.


       
       Sméagol, a muito tempo atrás um foi Hobbit do clã Cascalvas que habitavam as margens do rio dos Campos de Lis. Acidentalmente encontrou o Um Anel que corrompeu sua alma e o transformou na Criatura conhecida como Gollum, referência aos terríveis sons que saem de sua garganta. Perde o Anel para Bilbo e décadas mais tarde terá um papel importante na missão de Frodo e Sam para destruírem o Um Anel na Montanha da Perdição.

      A corrupção de Sméagol o fez desenvolver dupla personalidade: em seu interior ainda existiam resquícios do antigo Hobbit que um dia ele foi, porém a personalidade sombria e maléfica sobrepunha sua vontade controlando a criatura a fazer a vontade do Anel. Tudo começou com uma mancha no coração, (Mas o pecado, aproveitando a oportunidade dada pelo mandamento, produziu em mim todo tipo de desejo cobiçoso. Pois, sem a lei, o pecado está morto. Romanos 7:8) que gradativamente veio para o exterior, gerando uma criatura que causava repulsa naqueles que com ele estavam.

        A relação de Gollum com o Anel representa a relação do homem com os vícios.(Jesus respondeu: "Digo-lhes a verdade: Todo aquele que vive pecando é escravo do pecado. João 8:34). Os vícios geram uma dupla personalidade na pessoa, pois ela precisa ocultar o vício do restante da sociedade. Neste sentido ela precisa ser alguém que não é na escuridão de sua obsessão e ela mesma quando estiver na presença de outras pessoas. A beleza natural de uma alma livre pelo Senhor, gradativamente vai se transformando em algo diferente, que fará as vontades da carne trazendo satisfação momentânea e insatisfação logo após os atos. Pode ser um vício no cigarro, na bebida, em compras, em pornografia, em sexo casual, ou inúmeros outros vícios que o homem pode ter. Somente com a ajuda do Senhor, é possível viver verdadeiramente livres dos vícios que aprisionam os homens e suas mentes. A Palavra de Deus nos diz que: Se o Filho nos libertar, verdadeiramente seremos livres.(João 8:36) Neste sentido, se Cristo pode nos oferecer a verdadeira liberdade, será que existe uma falsa liberdade? Já parou para pensar nisso? Muitas pessoas achando que vivem da maneira como desejam, mas estão na verdade, aprisionadas? Este será o assunto de nossa próxima coluna #Parabolando, quado vamos destrinchar a Matrix para vocês! 

      Por hora precisamos entender que tudo é uma questão de alimentação. Os pecado alimentam nossa carne, que gradativamente vai exigindo mais satisfação carnal, que nos leva a um ciclo vicioso aprisionando primeiro nossa mente, depois nosso corpo. A Palavra de Deus é clara com relação a isto: Abismo chama abismo ao rugir das tuas cachoeiras; todas as tuas ondas e vagalhões se abateram sobre mim. (Salmos 42:7). Se clamarmos a Deus, Ele será fiel e justo para nos livrar de qualquer vício, desde que estejamos disposto a lançar luz em nossas trevas pessoais, pois as Escrituras nos mostram o caminho para quebrar o ciclo destrutivo dos vícios em nossa vida: Então reconheci diante de ti o meu pecado e não encobri as minhas culpas. Eu disse: "Confessarei as minhas transgressões ao Senhor", e tu perdoaste a culpa do meu pecado. Salmos 32:5. Além de colocar nossas transgressões diante Dele, a cura virá ao procurarmos ajuda de outros irmãos maduros que possam nos auxiliar neste processo: Portanto, confessem os seus pecados uns aos outros e orem uns pelos outros para serem curados. A oração de um justo é poderosa e eficaz (Tiago 5:16)

           Anseie por mais de Deus em sua vida e seja livre dos vícios e do pecado! Converse com alguém de confiança que possa orar por sua vida e coloque cada necessidade na Presença de Deus! Esta é a única maneira bíblica de ser realmente feliz pois: "Como é feliz aquele a quem o Senhor não atribui culpa" - Romanos 4:8. Busque ao Senhor e seja feliz! E livre!

Pastor Eduardo Medeiros



4 comentários:

Nara Lucia disse...

O que dizer diante dessa sábias palavras??
Que Jesus Cristo é maior que tudo e pode preencher todos os espaços, saciar toda
necessidade. Ele é um Cristo presente e cuidadoso.Uma prova disso é o chamado de pessoas como estas que criaram este espaço: o Jovem e o mundo e os colaboradores, como Eduardo Medeiros, que tem em seu coração o amor de Deus e se dedicam a ajudar e a encorajar jovens a terem uma vida abençoada.
Mais uma vez, obrigada. Era exatamente o que precisava.

Anônimo disse...

Fera demais, esse texto! Deus o abençoe, pastor!!

Eduardo Medeiros disse...

Obrigado Nara pela fidelidade e assiduidade com que acompanha as publicações do blog! Como a administradora Fernanda Ventura sempre frisa: Este é um blog de jovens para jovens!

Abraços e obrigado pelas palavras!

Eduardo Medeiros disse...

Caro amigo, fico muito feliz que esteja gostando dos posts de nossa coluna. Caso queira, de uma olhada em nosso trabalho chamado Parábolas GEEK no facebook! E Deus o abençoe muito também!

Postar um comentário

O que você achou disso?

Tecnologia do Blogger.