segunda-feira, 14 de abril de 2014

Jesus, o maior Líder que já existiu

Sede meus imitadores....

Segundo o dicionário, liderança é uma forma de dominação baseada no prestígio pessoal que é aceita pelos que são liderados. De fato, durante muitos anos considerou-se a liderança como uma relação negociada, em que líderes e liderados buscam formas de satisfação por sua atuação. Os líderes usam seus poderes e qualidades pessoais para obter a adesão dos liderados aos seus objetivos, e estes últimos, por sua vez, procuram no líder alguém que os leve a alcançar o que desejam.
Ultimamente um novo conceito vem sendo amplamente aceito: o da liderança transformadora. O verdadeiro líder, na verdade, é aquele que é capaz de mudar os próprios objetivos dos liderados, ou melhor, de levá-los, não para a posição que desejam ou que pensam ser a melhor, mas para aquela que é realmente a melhor e mais realizadora.
O primeiro conceito acima mencionado não se aplica a Jesus, mas o segundo, apesar de se encaixar numa descrição de Jesus como líder, ainda deixa a desejar, pois Jesus não só transforma os seus seguidores, como faz por eles o que nenhum outro líder jamais fez, e é o único líder que ultrapassou todas as barreiras culturais e cronológicas, isto é, sua liderança é relevante em qualquer nação, tribo e língua e em qualquer época da história.
Jesus desejou explicitamente ser um exemplo de líder para nós (Jo.13:14,15) e isto nos cria um problema: por ser ele o líder perfeito, por um lado podemos nos frustrar por não alcançar seus padrões, e, por outro lado, podemos nos tornar negligentes e omissos, por achar que não somos obrigados a ser como ele. A este respeito somos advertidos pela Bíblia de que nosso alvo deve ser crescer até alcançarmos a estatura da plenitude de Cristo (Ef.4:13); e de que a graça de Deus nos basta e o seu poder se aperfeiçoa na nossa fraqueza (II Co.12:9). Imitemos Paulo, que esquecia-se das coisas que ficavam para trás e corria direto para a linha de chegada, para conquistar o prêmio da vitória (Fp.3:13,14).
Neste texto, que será publicado em partes, vamos analisar brevemente a figura de Jesus como líder: suas características essenciais, suas qualidades pessoais, sua estratégia e seu sucesso, pois não há melhor maneira de aprender a respeito de liderança do que com Jesus, ainda mais quando nos alistamos como seguidores dele. Este trabalho não tem nenhuma novidade; são fatos, informações e ensinos que estão na Bíblia e já foram descritos ou analisados por outros autores, os quais reunimos sob uma perspectiva específica, esboçando um perfil de Jesus como líder.
AS CARACTERÍSTICAS ESSENCIAIS DO LÍDER JESUS
1. O líder como Filho - missão, autoridade e dependência
A confirmação de Jesus como líder veio através da declaração de sua filiação, que é um tema abordado em todos os evangelhos. Jesus é retratado como o filho amado que mantém um alvo nível de comunicação com seu Pai, dai advindo um discernimento claro do seu dever, das suas atribuições e do seu papel. Como dever queremos dizer missão; estava claro para ele que sua missão como Filho era salvar os pecadores (Jo.3:17). Atribuições significam autoridade; toda a autoridade lhe tinha sido dada pelo Pai (Mt.28:18). Seu papel era receber a palavra do Pai e passá-la aos outros, como um autêntico mediador (Jo.3:31-36).  
Ao descer da glória para vir à terra, Jesus já estava executando sua missão. Ele disse: "O filho do homem veio buscar e salvar o que se havia perdido" (Lc.19:10). Jesus tinha certeza da autorização e confiança do Pai em tudo o que fazia, e recebeu esta confirmação em três ocasiões (Mt.3:17; 17:5; Jo.12:28). Por vezes seus adversários indagaram de onde vinha sua autoridade. É desta autorização e confiança que ela vinha.
Jesus sabia que era só um mediador, o que foi afirmado também por seus apóstolos (I Tm.2:5). Por isso declarou em várias ocasiões sua dependência absoluta do Pai (Jo.5:17;8:28,29). E não só sua dependência, como sua unidade com ele (Jo.14:9;17:22).
Todo verdadeiro líder cristão precisa ter um forte senso de missão, de autoridade e de dependência, do contrário não se sentirá capaz de liderar. Ele é incumbido de sua missão e investido em sua autoridade pelo próprio Jesus, e depende de sua ajuda e direção para executar uma e exercer a outra.  
2. O líder como Servo - submissão e identificação
A aprovação de Jesus como líder veio através da sua submissão como Servo. Se no batismo Jesus foi confirmado como filho, no deserto foi provado como servo. Mas não só naquela ocasião, como em muitas outras, passou por todos os testes que um grande líder tem que enfrentar, e muito mais ainda, pois o seu teste final foi a cruz. Entretanto, Jesus não foi conduzido a isto contra a sua vontade. Paulo afirma que "Jesus Cristo se deu a si mesmo por nossos pecados, para nos livrar do presente século mau, segundo a vontade de Deus, nosso Pai." (Gl.1:4). Em Mc.10:35-45, quando João e Tiago manifestaram o desejo de serem nomeados os líderes mais importantes depois de Jesus, este respondeu-lhes que entre os seus seguidores ninguém será líder por tomar o poder, seja por que maneira for. Aquele que quiser ser líder terá que ser servo de todos, e assim será porque ele próprio, Jesus, não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em resgate de muitos. Jesus submeteu-se completamente ao Pai, servindo aos seus propósitos redentores para a humanidade.            
A Bíblia diz que foi conveniente a Deus "aperfeiçoar pelos sofrimentos o autor da salvação." (Hb.2:10). É interessante que a palavra traduzida por "autor" também pode ser traduzida por "líder", no sentido de alguém que vai à frente do grupo, que abre o caminho. Por sua experiência, Jesus tem o direito incontestável de nos liderar. Para ser um líder completo, Jesus tornou-se um de nós, sendo tentado e sofrendo os mesmos problemas e dificuldades que nós. A isto chamamos identificação (Hb.4:15). O líder servo é uma pessoa que está entre as pessoas que lidera, e não acima delas. O líder servo dedica sua vida a favor dos liderados, como Jesus. O líder servo não manda; ele faz, dando exemplo aos liderados

Sejamos imitadores de Cristo. Pessoas estão esperando de nos uma atitude integra

Deus o abençoe
Semana de vitorias

Att
Pedro Salinet Jr


0 comentários:

Postar um comentário

O que você achou disso?

Tecnologia do Blogger.