sábado, 19 de abril de 2014

A história da Páscoa



Não é ousadia demais imaginar um Deus que nos segue? Que nos segue com "bondade e misericórida' todos os dias da nossa vida? Os discípulos de Jesus sabiam qual era a sensação de ser seguido por Deus. Estavam ensopados pela chuva e tremendo de frio quando olharam para trás e viram Jesus caminhando na direção deles. Deus os seguira em meio à tempestade. Uma mulher samaritana anônima conheceu a mesma sensação. Estava sozinha na vida e sozinha no poço quando olhou para trás e ouviu o Messias falar. Deus a seguira em meio à sua dor. O apóstolo João estava em seu exílio em Patmos quando olhou para trás e viu os céus se abrindo. Deus o seguira até seu exílio. Lázaro estava morto havia três dias num túmulo selado quando ouviu uma voz, ergueu a cabeça, olhou para trás e viu Jesus em pé. Deus o seguira até a morte. Pedro negara seu Senhor e voltara a pescar quando ouviu seu nome, olhou para trás e viu Jesus preparando o desjejum. Deus o seguiu apesar de suas falhas. Deus é o que segue. Fico pensando...você já o sentiu seguindo você? Ele ainda segue. Nunca nos força. Nunca nos deixa. Persiste pacientemente. Está fielmente presente. Usa todo seu poder para nos convencer que é quem diz ser e que podemos confiar que nos levará ao lar. Sua bondade e misericórdia nos seguirão todos os dias da vida.



Referência:

Lucado, Max. Seu nome é Jesus. São Paulo: Mundo Cristão, 2010.

0 comentários:

Postar um comentário

O que você achou disso?

Tecnologia do Blogger.