sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Papo100Censura #1 - Os quartos escuros da alma


Como você está? Espero que esteja bem, caso não esteja, tenho fé de que seu dia, sua tarde ou sua noite podem terminar muito melhores do que começaram!


            Temos recebido vários e-mails de leitores de O Jovem e o Tempo que nos pedem ajuda em algumas áreas de suas vidas onde a vitória não está sendo alcançada. Muitos têm lutado com todas as suas forças para viver uma vida em santidade com o Senhor, pois têm um coração voltado para Deus. Porém influências diversas e situações que envolvem a área emocional de maneira especial faz com que estes filhos e filhas de Deus levem uma segunda vida, uma vida secreta, uma vida oculta, uma vida solitária, mesmo que permaneçam cercados por pessoas em todas as direções.
            O pecado sexual, em qualquer nível, (pornografia, prostituição, imoralidades, etc) gera diversas consequências diretas na vida da pessoa que precisam ser levados em conta. O primeiro deles, para aqueles que creem na Palavra de Deus como manual de vida aqui na terra, é o sentimento de culpa e fracasso. Vozes são geradas na mente da pessoa que dizem que ela não presta, não é digna de receber o amor de Deus, enfim, muitos pensamentos que a colocam no fundo poço começam a fluir para desestabilizar e a destruir emocionalmente.
            O próximo passo daquele que se envolveu com a imoralidade sexual é buscar arrependimento e pedir perdão ao Senhor, dizendo que isso não vai mais acontecer e um arrependimento genuíno é gerado e a restauração acontece, da parte do Senhor que não se lembra ou recorda mais do acontecido, de acordo com Sua Palavra que diz: 

"Porque eu lhes perdoarei a maldade e não me lembrarei mais dos seus pecados". Hebreus 8:12

            Normalmente a pessoa desfruta de um período de liberdade em sua vida, porém como o seu emocional não está tratado, a possibilidade de retornar para aquilo que o fez cair é muito grande. Mesmo sabendo que aquilo é errado e não o ajudará em sua caminhada, ele ou ela retorna para o erro, para desfrutar de alguns instantes de prazer que são substituídos por mais sensação de derrota, fracasso e angústia. A pessoa vai lutar por algum tempo sozinho com esta situação, até que em dado momento ela vai desistir, por não ter mais forças para continuar mantendo esta vida oculta. Ao invés de procurar ajuda, com pessoas maduras que possam auxiliar o processo da cura, a decisão mais comum é abandonar os caminhos do Senhor por se sentir indigno e impuro diante de Deus. A Palavra de Deus é clara com relação aos vícios de qualquer natureza, a tendência é sempre do crescimento deles:

Abismo chama abismo ao rugir das tuas cachoeiras; todas as tuas ondas e vagalhões se abateram sobre mim. Salmo 42:7

            Este afastamento dos caminhos do Senhor não precisa ser físico. A pessoa permanece na igreja para agradar outras pessoas, mas vai gradativamente abandonando as ferramentas que antes, o alegravam por proporcionar a Presença de Deus em sua vida. Veja que a decisão de deixar é unilateral. Sempre seremos nós quem decidiremos nos afastar de Deus e nunca o contrário. Por que da parte de nosso Deus:

Nem altura nem profundidade, nem qualquer outra coisa na criação será capaz de nos separar do amor de Deus que está em Cristo Jesus, nosso Senhor. Romanos 8:39

            Se este ciclo vicioso não for interrompidoos momentos de prazer vão diminuindo cada vez mais, necessitando de cada vez mais oportunidades de satisfação em um processo idêntico ao uso de drogas. Como a vergonha é um componente muito presente nos casos que envolvem o sexo, este pedido de socorro normalmente não é dado e a pessoa acaba morrendo espiritualmente em meio a uma multidão de pessoas. O pecado será trancado em um dos quartos escuros de nossa alma, onde ninguém terá acesso. Como este é um pecado silencioso, que não envolve ninguém além do casal, ou do solitário que se depara com uma tela de computador durante as madrugadas, é possível levar uma vida dupla, ao ponto onde o coração agora endurecido, não sente mais a Presença de Deus e a caminhada continua, sem o Senhor ao lado, o que entristece, mas devido ao costume e o hábito que foi criado em mentir para si mesmo de que tudo está bem, acaba transformando a mentira em verdade e a pessoa passará a vida toda sendo alguém em público e outro alguém quando as luzes se apagam.
            Ser jovem cristão em nossos dias não é fácil. Os valores morais praticamente não são mais vistos, a mídia exalta o comportamento lascivo e imoral, onde os fins justificam os meios e a cada dia aqueles que buscam uma vida de santidade sentem-se peixes fora d'água.
             Este é o propósito desta coluna: poder ajudar os nossos leitores através de um papo 100 censura sobre os temas sensíveis e complicados que muitas vezes não temos coragem de falar com nossos pais ou líderes. 

            Neste sentido, se você tem questões ou dúvidas na área sexual, mande para ojovemeomundo@bol.com.br; que teremos o prazer em poder responder e trocar uma ideia sem rodeios, indo direto ao ponto para trazer direções práticas para que você possa abrir as portas dos quartos escuros de sua alma e experimentar a liberdade que habita em Cristo Jesus! Pois está escrito:

Portanto, se o Filho os libertar vocês de fato serão livres. Jo 8:36

            Não é um processo simples, mas pelo poder do versículo que você acabou de ler tenho certeza e tenho visto jovens saindo de lugares escuros para a luz da liberdade e felicidade que Cristo pode proporcionar.
            Eu, Eduardo e minha amada esposa Meiry, em nosso trabalho com casais de noivos ao longo dos últimos anos temos visto o agir de Deus na área sexual de uma maneira tremenda. Assim como temos visto, pode acontecer com você também!

            Aguardamos seu depoimento e dúvida ou desabafo. Seu nome será mantido em segredo e não se esqueça de que a sua dúvida e angústia pode ser a mesma de milhares de jovens ao redor do mundo! O tempo de lançar luz nos lugares escuros de nossa alma chegou!

0 comentários:

Postar um comentário

O que você achou disso?

Tecnologia do Blogger.