segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

Um Coração que Agrada a Deus

O coração é a sede dos sentimentos, das emoções e da consciência. É o centro do intelecto, das emoções e da vontade humana. Agradar significa ser agradável, deleitar, contentar, satisfazer. E porque agradar a Deus? Porque Ele é o nosso Pai, nosso Criador, e também de todo o Universo, dos céus, da terra e de todos os seres que neles há: vivos, imateriais, e angelicais. Todo bom filho se alegra em agradar e honrar aos seus pais, e vive na presença deles, sempre buscando receber suas orientações e, conseqüentemente, serão bem sucedidos na vida. Assim também nós, como bons filhos de Deus, priorizamos viver na Sua Presença, agradando o Seu coração com a nossa comunhão com Ele, com a nossa adoração, com o nosso devocional diário (que é o tempo que separamos para estarmos a sós com Ele, em oração e meditação na sua Palavra), e com o serviço para o Seu Reino. Veremos, nos itens seguintes, as características de um coração que agrada a Deus:
1. UM CORAÇÃO INTEIRO (2 Cr 25.2-3)
A palavra inteiro vem do latim “integru” e significa em toda a sua extensão, todo, completo, na sua totalidade?. Uma pessoa que tem um coração inteiro para com Deus é aquela que lhe entregou verdadeiramente o seu coração, porque o ama sobre todas as coisas e busca em primeiro lugar o Seu Reino (Mt 22.37-40; Mt 6.33). Não mede esforços para agradar ao Senhor, agradando-O em tudo, e trabalhando para o crescimento do Seu Reino. No texto citado, lemos que Amazias, ao ter o seu reino confirmado, “fez o que era reto aos olhos de Deus, porém não com coração inteiro”, porque ele tinha no seu coração o sentimento de vingança, e matou os seus servos que feriram seu pai.
2. UM CORAÇÃO PERFEITO (1 Reis 8.61)
A palavra “perfeito” vem do latim “perfectu” e significa, incomparável, único, sem par, ótimo, excelente, irrepreensível. Ter o coração perfeito para quê? Para andar nos estatutos de Deus e guardar os Seus mandamentos. Todos nós, como discípulos de Jesus, devemos examinar os nossos corações, pois a primeira condição para viver conforme a vontade de Deus é ter um coração perfeito. Devemos orar para termos nossos corações perfeitos a fim de que agrademos a Deus, sendo cumpridores dos seus mandamentos, e não ficarmos orando para Deus agradar o nosso coração.
3. UM CORAÇÃO SEGUNDO O CORAÇÃO DE DEUS (1 Sm 13.14)
O texto citado se refere a Saul que foi escolhido por Deus para reinar sobre o povo. Entretanto, não guardou o mandamento que Deus lhe ordenou, ao oferecer holocausto e ofertas pacíficas, quando só cabia ao sacerdote essa função. Por essa razão, o profeta Samuel chegou a Saul e lhe declarou que Deus já tinha buscado um homem segundo o seu coração para liderar sobre o seu povo: Davi, escolhido para ocupar o lugar de Saul. Há pessoas de coração inconstantes, pois não fizeram uma entrega absoluta de seus corações a Deus. Começam a servi-lO e quando veem as provas não ficam firmes, mas se deixam abalar e desistem da obra de Deus. (Ef 6.10-18). Entretanto, Deus cumpre o Seu propósito. E Quando alguém, de coração imperfeito, dobre, não quer fazer a Sua vontade, Ele levanta outro, mas a Sua obra não pára.
CONCLUSÃO
Oremos a Deus todos os dias para que Ele transforme o nosso coração num coração inteiro, perfeito e que agrade ao Seu coração, isto é, um coração segundo o seu coração.Amem..
Deus o abençoe...
semana abençoada
twitter @pesaline
instagram pesaline

0 comentários:

Postar um comentário

O que você achou disso?

Tecnologia do Blogger.