quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

Orkutizaram o Evangelho

Oi, pessoal, todos na paz? Primeiramente, peço desculpas por semana passada. Tive uns assuntos particulares que me tomaram muito tempo, por isso não publiquei nada. Me desculpem. Mas hoje tem, então vamos lá.
A internet, principalmente pelas redes sociais, tem alcançado muitas pessoas e agregado um número cada vez maior de usuários. O facebook, por exemplo, por ser uma rede social com interface muito simples, atraiu até o ano passado, 76 milhões de usuários no Brasil. Isso significa que somos o 2º país com maior número de usuários no mundo! É perceptível que as redes sociais estão modificando uma coisinha aqui, adaptando outra ali, com o único intuito de atrair, agregar e cativar um número cada vez maior de pessoas. Sim, meus queridos, a inclusão digital chegou forte, e veio para ficar.

O termo orkutizar nasceu nesse nicho. Derivou-se de Orkut (uma antiga rede social bastante usada, como o facebook é hoje) e foi inventado pelos internautas recentes para exemplificar aqueles usuários que passaram a usar a internet de forma vexatória em seu comportamento virtual. Basicamente, orkutização é o nome que encontraram para caracterizar uma postura virtual digna de humilhação, popularmente dito como “pagar mico” ou “queimar o filme”.

E adivinhem o que isso tem a ver com o que está acontecendo com o Evangelho?

Pois é, infelizmente, o Evangelho tem sido orkutizado. Sim, o Evangelho tem sido usado de maneira desonrosa, imputando vexame a todos os outros que também o proclamam, e pior, sob a alegação de que “bem aventurado os que forem humilhados ou perseguidos por causa do Evangelho”, alterando o correto entendimento do verdadeiro evangelho. Ele Tem sido deturpado, maquiado, mal interpretado e mal ensinado para que mais e mais "usuários percebam a praticidade da interface atraente, inclusiva e cativante". Meu Deus, que erro terrível.
É bem verdade que o Evangelho é para todos, e que quanto mais participativo, mais inclusivo, é melhor, mas há alguns absurdos por aí que me deixam até constrangido para descrever. Quando falamos que o Evangelho é feito para marginais, estamos querendo dizer que todos nós estávamos às margens da graça e do amor de Deus, portanto, éramos marginais até que Deus enviou seu Filho para nos conduzir de volta a Ele. Isso basta. Não é necessário modificar, maquiar, muito menos deturpar a bíblia, nivelando-a ao ridículo na tentativa de chamar a atenção do mundo. A Palavra de Deus basta por si só. A nós cabe buscar vivê-la para que através do nosso modo de viver, as pessoas sintam-se atraídas pelo amor de Cristo!

Talvez seja por isso, a orkutização do evangelho, que as pessoas estejam apostatando da fé, se distanciando de Deus cada vez mais. O número crescente de pessoas que não querem saber de Deus, afirmando inclusive a Sua inexistência, é a prova de que estamos nos últimos dias. Lá em 1Timóteo, capítulo 4, fala exatamente sobre isso.
Galera, o que estou dizendo aqui não é novidade para ninguém, porém, não podemos continuar permitindo que essas coisas se tornem normal. Precisamos sim, buscar sabedoria em Deus para ler, interpretar, estudar e viver a Sua palavra, a fim de que sejamos exemplos para as pessoas ao nosso redor, e para as futuras gerações.


“Não deixe que ninguém o despreze por você ser jovem. Mas, para os que creem, seja exemplo na maneira de falar, na maneira de agir, no amor, na fé e na pureza.” [1Timóteo 4:12]

“Cuide de você mesmo e tenha cuidado com o que ensina. Continue fazendo isso, pois assim você salvará tanto você mesmo como os que o escutam.” [1Timóteo 4:16] 

5 comentários:

HERBERT AMARAL POVOAS disse...

Sábias Palavras Fabio!!!!
Seu Texto de hoje me edificou muito!!!

Fábio Cardoso disse...

Glória a Deus, Herbert! Fico feliz por isso! Obrigado pelo comentário, mano! Fica na paz!

Anônimo disse...

Uau, muito bom Fabio...Parabéns.

Netto Britto disse...

Cara, texto com um conteúdo fortemente apologético, do jeito que gosto! hahaha MUUUUITO BOM!

Fábio Cardoso disse...

Obrigado pela visita e pelos comentários. Netto, conteúdo apologético....tenho aprendido com você. Esse é o rumo! Que Deus nos guie!

Postar um comentário

O que você achou disso?

Tecnologia do Blogger.