quinta-feira, 1 de agosto de 2013

Chega de oração reciclável!


'

Olá pessoal! Paz do Senhor para todos vocês. 

Quero compartilhar com vocês um trecho de um texto que li uns meses atrás na fan page CULTURA DO REINO, falando sobre a oração (se não estou enganado, o autor desse texto é Leonard Ravenhill). Acompanhem.
"Não há nada mais transformador do que a oração. Pessoas sempre perguntam: “Porque você insiste tanto em oração?”. A resposta é bem simples: Porque Jesus o fez. Poderíamos alterar o título do evangelho de São Lucas para o Evangelho da Oração. É sobre a vida de oração de Jesus. Os outros evangelhos narram que Jesus estava no Jordão quando o Espírito desceu sobre Ele como uma pomba – Lucas diz que isso aconteceu quando Ele estava orando para que o Espírito descesse sobre Ele. Os outros evangelhos dizem que Jesus escolheu seus 12 discípulos – Lucas diz que foi depois d’Ele passar uma noite inteira em oração que escolheu seus 12 discípulos. Os outros evangelistas dizem que Jesus morreu na cruz – Lucas diz que mesmo enquanto Ele morria na cruz, estava orando por aqueles que O perseguiam. Os outros evangelhos dizem que Jesus foi para o monte e foi transfigurado – Lucas diz que enquanto Ele orava, foi transfigurado. Não há nada mais transformador do que a oração.
As escrituras dizem que os discípulos foram para a cama, mas Jesus foi orar como de costume. Era costume d’Ele orar. Agora, Jesus era o filho de Deus, com certeza era ungido para o seu ministério. Se Jesus precisava de tanto tempo em oração, eu e você não precisamos do mesmo? Se Jesus precisava disso em situações decisivas, eu e você também não precisamos em todas as crises?"
Esse texto me provocou questionamentos sobre minha própria oração. "Será que minha oração tem sido sincera todas as vezes, ou tem sido uma repetição de palavras?" "Minha oração tem surtido efeito?" "Minha oração tem proporcionado relacionamento com o Pai, ou tem sido uma sessão de pedidos?"

Queridos, se adotarmos friamente a definição de biocombustível, temos "energia gerada por combustível proveniente de matéria-viva", seguindo esse raciocínio, podemos dizer que a oração é o biocombustível do crente! Entendo que a oração nos aproxima de Deus, e de Seus propósitos para nós, consequentemente, nos sentimos mais fortes e para resistir às adversidades da vida.
Outro aspecto comparativo da oração como "combustível" está diretamente ligado ao conceito básico das palavras RECICLÁVEL e RENOVÁVEL
Renovável: algo contínuo, imortal, que não se acaba.
Reciclável: alguma sucata que pode se reutilizada.
 
Se a nossa oração tem sido uma oração reciclável, significa que estamos simplesmente repetindo nossas palavras, adaptando-as ao tempo adequado, apenas para não "passar em branco com Deus antes de dormir". No entanto, se nossa oração tem sido uma oração renovável, significa que estamos a cada dia construindo o relacionamento que Deus já deseja para conosco, tornando-O verdadeiramente o nosso amigo, expondo nossa vida, buscando conselhos, experimentando de Seu amor.

Faça uma auto-avaliação hoje. Sua oração tem sido renovável ou reciclável?

Deus os abençoe sempre com a paz! Abraço
Fábio Cardoso

0 comentários:

Postar um comentário

O que você achou disso?

Tecnologia do Blogger.