sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

Paixões Desenfreadas

Cada um com sua vida e com seus problemas, certo? E se dissermos que problemas não são apenas aquelas coisas que acontecem com a gente, que tem "aparência" ruim? O que você diria?
Pois é... Paixões desenfreadas em nossas vidas são um tremendo problema. Elas nos dominam, mandam e desmandam em nós, e a gente ainda acha bom.

O Sr. Aurélio nos dá alguns significados para a palavra paixão. O que encaixa melhor aqui pra nós é: ATIVIDADE, HÁBITO OU VÍCIO DOMINADOR. 
Ja desenfreada diz: SEM FREIO, DESCOMEDIDO. 

Além de dominar, não tem freio e é excessiva! Isso é paixão desenfreada.

O que acontece com um carro em movimento quando não há freio? Colisões, atropelamentos, acidentes fatais. Ou seja, não dá pra saber o que de pior irá acontecer, não é mesmo? 

Podemos comparar a paixão, neste caso, com as drogas. Ela simplesmente subjuga o usuário, faz dele o que quer, não há limite para o mal que ela pode causar. 
Hoje é um trago, uma dose, um copo, um gole. Amanhã são objetos roubados, famílias desmanteladas, vidas destruídas.

Você pode pensar: "Ah, mas vocês estão pegando pesado demais, não é bem assim!"

Quem vicia em algo, não vicia da noite para o dia. É gradativo. 
Quanto mais se demora a parar, pior fica. 

Duvidamos que você deposite suas expectativas da espera em uma paixão desenfreada. 
Quando há amor, há cumplicidade e não possessão. Há respeito, e não humilhaçao. 

A lealdade faz morada no verdadeiro amor. Um completa o outro sem agressão, sem sufocar e nem competir.
Existem brigas e discussões, pois, são duas cabeças com várias questões e pensamentos diferentes.
Mas há aquele que cede, por sabedoria. 
Afinal, é melhor abrir mão de uma opinião, do que criar uma ferida no coração do outro, por pura imposição tola.

"Que cada um de vós saiba possuir o seu vaso em santificação e honra; Não na paixão da concupiscência, como os gentios, que não conhecem a Deus." (1 Tessalonicenses 4:4-5)

Então, a paixão que deve fazer parte do relacionamento é aquela que não fere o casal. 
Uma intensa emoção ou/e entusiasmo muito vivo, talvez a descreva (tks Sr. Aurélio... hehe).
Porém, a falta dos freios deve ficar de fora.

Não aceite nada que domine sua vida. Você é livre em Cristo Jesus! Amém!
 
No amor de Cristo,
@rhanusia e @tavaresbru
Email: brunatavareserhanusia@gmail.com
Facebook para cutir: www.facebook.com/BrunaTavareseRhanusia

0 comentários:

Postar um comentário

O que você achou disso?

Tecnologia do Blogger.