sexta-feira, 20 de abril de 2012

Ops! Deixei de Confiar


Dizer que eu confio em Deus quando está tudo maravilhosamente bem, quando não há problemas e nem provações á vista é muito, muito fácil.
Dizer que eu confio em Deus quando tudo está dando errado, vários problemas e provações vindos de todos os lados TAMBÉM é fácil.

Bom, na primeira situação é fácil dizer que eu confio em Deus mesmo, Fernanda... mas na segunda situação não é fácil dizer isso, não!

Claro que é, queridão! Oh.. há um diferença entre a TEORIA (falar) e a prática (agir).
Quantos de nós já não cantamos assim: "Te louvarei, NÃO IMPORTAM AS CIRCUNSTÂNCIAS", (teoria).. Aí se depara com um vento de problemas e puff, começamos a falar os chavões "Deeeeeus, por quê?" "O que eu fiz, Senhor?" "Por que permitiu que isso acontecesse comigo?" - A prática da confiança passou beeeem longe.
Nós normalmente nos desesperamos. Tentamos agir com a nossa própria força, com nosso próprio entendimento e nos frustramos ainda mais.




Eu admiro a coragem de Pedro em ir ao encontro de Jesus sobre as águas. Ele realmente confiou. Ele estava indo muito bem, estava com seus olhos fixos em Jesus e realmente deu alguns passos sobre as águas, porém, houve um momento em que Pedro TIROU OS OLHOS DE JESUS e começou a olhar ao seu redor. Sentiu o forte vento vindo contrário a ele, olhou a tempestade que havia se formado. Então o desespero tomou conta e ele começou a afundar. Deixou a confiança em Jesus e olhou para as circunstâncias.

Eu particularmente, já vivi momentos em que deixei de confiar em Deus. Momentos que meus problemas pareciam bem maiores do que a minha fé. Eu buscava uma resposta mas ela não vinha, parecia que Deus não estava ouvindo eu clamar, gritar, chamar por Ele. Ahhh, como eu estava enganada.

É tão difícil você ter um sonho, largar tudo para a realização deste sonho e quando está próximo de ser concretizar vem um vento de problemas, dificuldades e um silêncio profundo. Comigo aconteceu isso. E aí vem a pergunta: “Deus, será que tomei a decisão correta? Será que esta realmente é Tua vontade para a minha vida?”
Então vem Eclesiaste 3 na memória para nos fazer descansar, para lembrar que Deus sempre tem a hora certa de agir em nossa vida, basta apenas confiarmos.

A partir do momento que entregamos nossa ansiedade aos pés do Senhor, Ele então trabalha em nosso favor.
Precisamos parar de olhar para o problema como um gigante, como algo invencível.
Nos sentimos tão pequeninos diante das adversidades, que muitas vezes, não conseguimos nem chegar a diante de Deus para entregar a situação. Deus está ali, querido, do seu lado. 
As vezes, Ele nos prova para ver até onde realmente somos fiéis, até onde vai a nossa confiança nEle. 


Quando Davi enfrentou o gigante Golias, Deus não deu um "fermento celestial" para ele crescer. Ele também não deu a Davi um "Nescau santo" para que ele ficasse com a "Energia que dá força", não!
Davi era realmente de estatura baixa, mas, ele colocou a sua confiança em Deus e o problema Golias ficou "pequeno" diante da confiança que Davi tinha no Senhor.
Davi sabia que quem estava com ele era maior, ele sabia em quem estava crendo. O problema não saiu, foi preciso lutar, mas Davi havia mudado, a confiança já não estava na força do seu braço, mas em Deus. E por isso obteve a vitória.

Queridos, mesmo mediante a um vento de adversidades não deixe de confiar. Não tire seus olhos de Jesus. Não queira afundar!
Ore a Deus, pedindo uma direção. Se não tiver forças ao menos chore nos pés dEle. o nosso Pai consegue interpretar cada lágrima nossa.

Você não vai perecer, você vai vencer! Confie!


No amor de Cristo,


Fernanda Ventura


FACEBOOK - CLIQUE AQUI

0 comentários:

Postar um comentário

O que você achou disso?

Tecnologia do Blogger.