segunda-feira, 9 de abril de 2012

LIBERTOS DA ESCRAVIDÃO DO PECADO


Essas coisas aconteceram a eles como exemplos e foram escritas como advertência para nós, sobre quem tem chegado o fim dos tempos.” (1 Coríntios 10:11)
Nessa passagem de sua carta aos irmãos de Corinto, o apóstolo Paulo faz um paralelo entre Israel e a Igreja. Na tipologia bíblica, o Egito simboliza o mundo, o deserto a nossa trajetória de vida neste mundo, e Canaã o Céu, que será o nosso lugar de vida e glória eterna. Israel foi liberto da escravidão do Egito, atravessou o deserto e chegou a Canaã. Nós também fomos libertos do pecado, seguimos a nossa trajetória de vida aqui nesta terra, e um dia chegaremos ao Céu.
Durante a travessia do deserto desta vida, muitas vezes temos que desviar dos perigos e aprender a conviver com a escassez. Neste dia, ore ao Senhor pedindo-lhe que o guarde das ciladas do inimigo e o ensine a sobreviver em meio às diversas circunstâncias.
Tudo quanto aconteceu a Israel no deserto, os seus atos de murmuração e de desobediência, ficou registrado nas Sagradas Escrituras para nos alertar quanto ao perigo que nos cerca quando nos afastamos da graça.
Alegre-se na presença de Deus, regozije-se por ser uma pessoa liberta da escravidão do pecado, louve ao Senhor pelas provisões que Ele tem lhe dado nos momentos de necessidades, desfrute da íntima comunhão com Cristo. Glorifique ao Senhor pelas vitórias alcançadas.
Amém Amados! Obreiro Rodrigo Corrêa

0 comentários:

Postar um comentário

O que você achou disso?

Tecnologia do Blogger.