segunda-feira, 5 de março de 2012

LIVRE DOS SEUS ACUSADORES


Então Jesus pôs-se de pé e perguntou-lhe: Mulher, onde estão àqueles teus acusadores? "Ninguém, Senhor", disse ela. Declarou Jesus: "Eu também não a condeno. Agora vá e abandone sua vida de pecado". (João 8:10, 11).
A atitude de Jesus para com a mulher pecadora revela seu propósito redentor para a humanidade. Mesmo que todos aqueles homens tivessem inúmeras provas contra a mulher pecadora, não puderam levar adiante suas acusações. Isto porque eles também se encontravam na mesma situação do pecado. Os acusadores eram igualmente culpados e mereciam ser condenados. Foi o que o Senhor deixou bem claro ao propor: Aquele que entre vós estiver sem pecados que atire a primeira pedra (João 8:7).
Enquanto os acusadores esperavam uma resposta, Jesus tranquilamente escrevia na terra. Alguns historiadores conjeturam que naquele momento Ele estava relacionando os pecados de cada um deles. Enquanto o homem não tomar a iniciativa de aceitar Jesus como Salvador e acertar a sua vida espiritual, os seus pecados continuarão registrados na presença de Deus. Sempre quando você orar, peça ao Senhor que perdoe e apague os seus pecados, conceda-lhe um coração puro e um espírito reto.
As acusações muitas vezes, transferem nossas culpas e responsabilidades para a pessoa que acusa. Não dê ouvidos às falsas acusações, erga a cabeça e siga em frente. Ore ao Senhor pedindo-lhe que lhe conduza pelo caminho do bem.
Amém Amados! Obreiro Rodrigo Corrêa

0 comentários:

Postar um comentário

O que você achou disso?

Tecnologia do Blogger.